Wednesday, June 08, 2005

Subsídios vários

Caro Anónimo..
Se me é permitida uma sugestão sobre este grito de revolta... não seria mais adequado substituir o plebeu manda-os para o caralho... pelo clássico manda-os mas é foder?!

Saudações

Iluminado
------//-----

Acho que o brasileiro tem uma expressão mais adequada: "Vai tómá no cu!"


Animal

------//-------

Foda-se animal! eles dizem: ÁTOMÁNUCU!!
Eu já disse foda-se ?
Ah sim...fodasse, uma variante do foda-se.

João

-----//------

Às vezes sabe bem, não faz o meu genero mas cá vai... foda-se!


pilão




Foda-se acetinado

Foda-se, este blog não podia ter vindo em melhor altura. Numa altura tão difícil e complicada como esta que estamos a viver, nada melhor que este blog para desabafarmos as nossas raivas e stresses à boa maneira portuguesa. Assim sendo cá fica o meu contributo: Puta-que-pariu aos filhos e filhas de uma vaca que nos enterraram em merda até à ponta dos cabelos e ainda assim nos querem continuar a foder. Pois eu não alinho nessa merda. Estimo mais é que eles se fodam, uns aos outros! De preferência com um daqueles bem grandes e grossos. E que se rasgem todos!!! Dêem-me uma oportunidade que vão ver o que lhes faço! Esfodásso-os a todos, é o que é!
Ufff...! Obrigada Anónimo, por esta genial criação, já me sinto muito melhor. Hehehe


Whitesatin

Friday, June 03, 2005

Levanta-te de novo



Levanta-te e não rias. Não tem graça. E, sobretudo, não chores; pára com essa lamúria ancestral! Larga a teta e a choradeira. Faz como um homem: Levanta-te e não rias nem chores: manda-os pró caralho!!

Pois, não adianta ires pró estádio, cantar o hino, a clamar ao nobre povo e à nação valente que se levantem de novo. Levanta-te tu, ó filho da puta, nem que seja só uma vez na vida! Sai dessa cloaca, foda-se!...

Melhoramentos ulteriores

No seguimento da teoria do muy nobre Afonso Henriques, além do foda-se, também temos a bela conjugação: Foda-se, caralho!
Exemplo: Um gajo vai pagar o IRS, e vê uma fila monstruosa e pensa: Bom, estes FP´s (Funcionários Públicos para quem não sabe) são lentos comá merda!
E quando finalmente consegue entrar na repartição (depois de horas de fila), apercebe-se que são 7 (sete) 7 FP´s ao balcão. E apenas 2 (Dois) 2 estão a tratar do IRS. Os outros 5 estão a coçar as partes podengas, sem fazer nenhum, a rir e a olhar com cara de gozo para a fila.
E um gajo claro chateia-se e lembra-se que se tivesse uma arma, 5 panhonhas estavam nesse momento deitadinhos no chão, encharcados na própria urina, a chorar com o cagaço que este digno contribuinte que lhes vai pagar o ordenado lhes pregava.
E em vez de ser eu a gritar mentalmente: Foda-se, caralho! Seriam eles que iriam gritar o mesmo foda-se, caralho de cada vez que um contribuinte que tivesse tratado dos seus impostos, lhes mandasse uma biqueirada à saída.
E não, eles não se podiam defender, foda-se!


anónimo (não residente)

Realmente, o "refoda-se".

Exactamente. O Refoda-se é de resto, genuinamente português. É um Foda-se em jeitos de refogado. Um aproveitamento de restos. Um Foda-se salteado, definitivamnente culinário, caralho.Então, quando dito em conjunto com o Foda-se, exponencia o resultado em definitivo.
Atente-se: Foda-se e Refoda-se, caralho, santa cona do assobio!
Perante isto só o emudecimento generalizado, total, feito silêncio completo surge como resposta. Sem apelo nem agravo.

Afonso Henriques

Wednesday, June 01, 2005

Posologias

Um "foda-se" bem dito na altura certa, não escolhe idades .

Papo-seco


O refoda-se é em certos casos necessário para alivio completo...


Anónimo não residente